segunda-feira, 18 de junho de 2007

A força da grelha de partida


Grande lição a de ontem, na 8ª edição da Corrida "Festas da Cidade do Porto". A vontade
e teimosia nossas para fazer os 15Km da corrida, eram muitas, mas as previsões insistentes de mau tempo, estavam a tornar o desistir uma tentação permanente mesmo antes da partida. A verdade é que fomos, corremos e chegamos todos os 6 (+1 mini-caminhada) à linha da meta! Heróis por um dia, ou simplesmente obstinados e teimosos o suficiente para fazer este grande favor à nossa condição física e saúde? De tudo um pouco. Contudo, o que mais destaco não é a corrida em si, é antes a decisão de ir (correr). A chuva caiu violentamente durante todo o Sábado. As previsões de Domingo eram semelhantes. À hora de acordar, chove e sopra o vento com uma garra de inverno. Quem vai correr assim? Eu não, pensava eu. Para infelicidade minha, estava mesmo tentado a abraçar o "vou desistir" . No entanto, à hora marcada, lá estamos todos, como combinado, a decidir o que fazer. Há impermeáveis. Há vontade. "Se chover, pelo menos não vamos enganados!". Ponderação não muito demorada... Pronto, que seja, vamos lá. Saímos de casa, com um vento fortíssimo. E a verdade é que este vento limpa totalmente do céu todas as nuvens, desde esse momento até ao final da corrida. Não caiu nem uma gota! Lição de moral: quantas vezes se desiste, mesmo antes de começar? Grande exemplo, de que, para se conseguir, por vezes, só é mesmo preciso ir!




Enviar um comentário