segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Desacelerar com o Inverno

Este pachorrento verão não quer dar lugar ao outono. São as praias cheias em pleno Outubro, e o contraste insólito das castanhas saboreadas com o prazer do bronze na areia. É estranho de facto. Mas este prolongar do verão, já não desejado, aumenta-me ainda mais a vontade dos dias de inverno. A ternura dos chuvosos dias, onde depressa cai a noite, embalados pelo crepitar vigoroso da lenha seca, dentro da lareira. Que delícia! Tenho saudades. E mais ainda, o desacelerar da actividade frenética do verão, fruto dos diminutos dias e da vontade de ficar por casa, como a formiga, a cuidar da casa, a ver filmes (sem adormecer), beber uns licores aveludados e saborear aquelas castanhas que nos saltam quentes das pontas dos dedos. Tenho saudades. Este verão foi intenso. É agora momento de virar a página e recuperar forças na tranquilidade do outono/inverno, também desejados.
***
As últimas duas semanas tiveram 3 momentos dignos de registo. Além da inauguração oficial de mais um lugar de família, desta feita em Miranda do Corvo, 2 outros. O primeiro, há 1 semana, o "Mass Training", isto é, uma acção de formação em grupo sobre SBV, isto é, Suporte Básico de Vida. Muito bem organizado, excelente conteúdo e acima de tudo, o elevar do sentido de cidadania, ganhando-se competências básicas para, quem sabe um dia salvar uma vida. Outro momento da quinzena, foi este Domingo. A participação na Meia-Maratona do Porto. Corridos os 21 097m, sim os 21Km, todos até ao final. Atingi o objectivo, cheguei ao final e ainda baixei 4 minutos o meu tempo da anterior. Todo o percurso em 1h58min. Mas melhores tempos houve: 1h54, 1h47 e 1h38 nossos. A Fernanda Ribeiro demorou 1h14 e o primeiro "só" chegou 48'' antes de mim. Fica mais uma vez o gostinho da conquista e a recordação de uma manhã bem passada com o presente de uma tarde tranquila e muuuuito relaxada.



Enviar um comentário